De que forma a pandemia explica a falta de plástico?

Por: Gaucha ZH

Plástico na pandemia
Foto: Anna Shvets

Quem diria que o plástico – muitas vezes taxado de vilão – seria uma das principais e efetivas alternativas de combate à covid-19. O aumento do material no dia a dia da quarentena, incluindo deliverys e proteção individual como alguns exemplos, pode fazer muita gente perceber o quanto ele está presente em tudo,  e como faz parte parte de nossas vidas há muito tempo, trazendo facilidades antes não encontradas.

O aumento do uso do plástico apenas sintetiza sua importância em diferentes aplicações – essencialmente na área da saúde, em que a demanda aumentou exponencialmente e comprova toda a sua eficiência. Não à toa, o plástico está ficando escasso como da mesma forma que materiais como aço, papel, papelão, etc. Todos os setores estão enfrentando alguma dificuldade.

O material é a melhor alternativa nos mais diversos segmentos, uma vez que outros possíveis “substitutos” são extremamente mais difíceis de produzir e o preço iria aumentar o custo de praticamente tudo o que é comprado hoje. 


Esta é uma curadoria de conteúdo feita pela Reed Exhibitions sobre o setor. Para saber mais sobre o assunto, leia o conteúdo produzido por Gaúcha ZH.